Erasmus 2020 - Processo e Critérios de Seleção de Participantes Mobilidades de Curta Duração (85 dias)

Programa Erasmus+

Erasmus 2020 - Processo e Critérios de Seleção de Participantes Mobilidades de Curta Duração (85 dias)

Erasmus 2020
Contrato Nº 2019 – 1 – PT01 – KA102 – 060352


Short Term Mobility of VET Learners (85 days)
Mobilidades de Curta Duração (85 dias)

Processo e Critérios de Seleção de Participantes

1. Podem candidatar-se à modalidade de estágio Short Term Mobility of VET Learners (85 days) / Mobilidades de Curta Duração para Estudantes (85 dias) todos os alunos que frequentem o 3º ano dos cursos profissionais da Escola Profissional de Leiria (EPL) e que estejam em condições de poder concluir o curso no respetivo ano letivo.
2. No sentido de promover uma efetiva igualdade de oportunidades, no quadro dos princípios e dos valores da UE, a EPL reservará, em função das candidaturas/manifestações de interesse entregues, uma quota de participação de 55%, para alunos que apresentam situação sócio económica mais frágil (aferida pelo escalão do abono de família - documento emitido pela Segurança Social).
3. As candidaturas/manifestações de interesse deverão efetuar-se junto da Direção da EPL até 15.01.2020. Os resultados das candidaturas/manifestações de interesse deverão ser divulgados a partir de 03.02.2020.
4. A avaliação das candidaturas/manifestações de interesse será feita através da atribuição de pontos, nos termos dos critérios de seleção definidos no Anexo I (Tabela infra) e das vagas abertas para cada curso/área técnica, nomeadamente:
a. Curso Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos: 3
b. Curso Técnico de Manutenção Industrial / Mecatrónica: 3
c. Curso Técnico de Eletrónica / Telecomunicações: 2
d. Cursos Técnico de Restaurante / Bar / Cozinha / Pastelaria: 2
5. Em caso de empate pontual, será utilizado como primeiro critério de desempate a “Média Geral do Curso até 31.01.2020” e como segundo critério a “Média da disciplina de Inglês até 31.01.2020”.
6. Os alunos selecionados disporão de um financial support para fazer face a despesas de alimentação/subsistência, transporte para/da (a) cidade e país de estágio/acolhimento, bem como, a par do apoio linguístico, de transportes/transfers internos, alojamento, apoio cultural, seguro, supervisão, monitorização, tutoria, avaliação e validação de estágio em conformidade com o valor do financiamento disponibilizado pelo Programa Erasmus+ e com os contratos celebrados entre a EPL e as Organizações Intermediárias/de Acolhimento.
7. Todos os participantes deverão assinar um contrato de estágio, comprometendo-se a cumprir o estágio até final, o qual será também assinado pelo Encarregado de Educação (caso o aluno seja menor), pela EPL e pelas Organizações Intermediárias/de Acolhimento.
8. Todos participantes far-se-ão acompanhar da Caderneta de Estágio para avaliação, bem como pelo Europass para efeitos de “registo de conhecimentos e competências adquiridos noutro país europeu”.
9. As classificações obtidas no estágio no estrangeiro farão média com as classificações obtidas no estágio realizado no território nacional, para efeito de dupla certificação, em conformidade com a proporcionalidade do tempo de estágio realizado em cada local.
10. No início de cada estágio, os alunos serão acompanhados por um professor/formador afeto a cada uma das áreas técnicas. Posteriormente, o acompanhamento do estágio será feito através das Organizações Intermediárias/de Acolhimento (tutores) e pelo(s) professor/formador(es) da EPL através de sistemas eletrónicos de comunicação.
11. No final do estágio, cada aluno deverá fazer-se acompanhar da Caderneta de Estágio e demais documentação relevante, contendo o registo das atividades desenvolvidas, das presenças em estágio e da respetiva avaliação.